Download Livros e eBooks

Zumthor, Paul

Introdução à Poesia Oral

Contra a unidade de sentido clássica, ligada a certa etnocentrismo evolutivo, Paul Zumthor esgrime com as formas de conhecimento, ou ciência, da voz: “Trata-se de afastar um falso universalismo que é fechado – de renunciar (é questão de poesia) ao privilégio da escrita”.

Introdução à Poesia Oral, interroga portanto uma outra lógica, sempre mais ou menos recalcada na história, que se funda no dinamismo concreto da voz (relação entre voz, corpo e dança; entre voz, gesto e poesia, por exemplo): “Um dos sintomas do mal, foi sem dúvida,  desde a origem, o que nós chamamos literatura: e a literatura adquiriu consistência, prosperou, tornou-se o que é – uma das mais vastas dimensões do homem – recusando a voz”.

Pelo menos, dois elementos produtivos dessa lógica podem ser ressaltados: um deles é esse pendor migratório dos textos oralizantes, uma espécie de mobilidade sintática intercultural, fazendo com que as formas sufocadas reapareçam, a partir de novos mosaicos, que remetem o escrito ao falado, o arcaico ao contemporâneo. Outro elemento é a proximidade de signo entre palavra e corpo, muito mais palpável nas culturas de maior espetacularidade erótico-gestual, como aquelas do tambor ou bongô afro-mourisco-americano.

O que se coloca também, nos bastidores desse minucioso percurso dos modos perceptivos da poesia oral, é uma outra direção do pensamento para avaliar o processo das civilizações: ao invés da acumulação e concentração abstratas, derivadas dos sistemas digitais discretos, o estudo das relações e transformações rítmicas entre  o homem, seu corpo e a cultura.

Amálio Pinheiro

Autor: Paul Zumthor

Publicação original: 1983

Editora: HUCITEC

Idioma: Português

Link para download:

http://www.4shared.com/document/MSmRVQML/Paul_Zumthor_-_Introduao__Poes.html

Anúncios

Performance, recepção, leitura

Performance, recepção, leitura é um gesto de radicalidade e paixão. O diálogo com diversas correntes teóricas (antropologia, sociologia, história, filosofia, lingüística, teoria literária) propõe uma visada crítica: o vnculo entre performance e leitura coloca o leitor como ponto de partida do encontro com a voz poética. O corpo adquire estatuto privilegiado.

Chega-se ao coração do texto poético e do homem num corpo-a-corpo com o tempo. Temos aqui os ecos do fascínio do autor com os cantores de rua de Paris de sua infância (marco zero de sua visão de performance), a preocupação com questões atuais, o medievalista consagrado que questiona durante o seu ofício, no esforço de fecundar a histórria como poesia.

Jerusa Ferreira e Suely Fenerich

Autor: Paul Zumthor

Publicação original: 1990

Editora: COSACNAIFY

Idioma: Português

Link para download:

http://www.4shared.com/document/6t96u9Ep/Paul_Zumthor_-_Performance_rec.html