Download Livros e eBooks

In girum imus nocte et consumimur igni e Crítica da separação

Não farei neste filme concessão alguma ao público. Muitíssimas, excelentes razões justificam, aos meus olhos, uma tal conduta, e as direi. Antes de mais nada, é por demais notório que jamais fiz concessões às idéias dominantes de minha época, nem a nenhum dos poderes existentes. Além disso, qualquer que seja a época, nada importante é comunicado em se poupando um público, ainda que fosse composto por contemporâneos de Péricles. E, no espelho congelado da tela, os espectadores não vêem atualmente nada que evoque os cidadãos respeitáveis de uma democracia.

Não farei neste filme concessão alguma ao público. Muitíssimas, excelentes razões justificam, aos meus olhos, uma tal conduta, e as direi. Antes de mais nada, é por demais notório que jamais fiz concessões às idéias dominantes de minha época, nem a nenhum dos poderes existentes.Além disso, qualquer que seja a época, nada importante é comunicado em se poupando um público, ainda que fosse composto por contemporâneos de Péricles. E, no espelho congelado da tela, os espectadores não vêem atualmente nada que evoque os cidadãos respeitáveis de uma democracia.

Guy Debord

Autor: Guy Debord

Publicação original: 1990

Editora: Oficina Raquel

Idioma: Português

Link para download:

http://www.4shared.com/document/tn9JEamc/Debord_-_In_girum_imus_nocte_e.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s