Download Livros e eBooks

O Anti-Édipo: Capitalismo e Esquizofrenia – Tomo I

O Anti-Édipo mostra, pra começar, a extensão do terreno ocupado. Porém, ele faz
muito mais. Ele não se dissipa na difamação dos velhos ídolos, mesmo se divertindo muito
com Freud. E, sobretudo, nos incita a ir mais longe.
Seria um erro ler o Anti-Édipo como a nova referência teórica (vocês sabem, essa
famosa teoria que se nos costuma anunciar: essa que vai englobar tudo, essa que é
absolutamente totalizante e tranquilizadora, essa, nos afirmam, “que tanto precisamos”
nesta época de dispersão e de especialização, onde a “esperança” desapareceu). Não é
preciso buscar uma “filosofia” nesta extraordinária profusão de novas noções e de
conceitos-surpresa. O Anti-Édipo não é um Hegel pomposo. Penso que a melhor maneira
de ler o Anti-Édipo é abordá-lo como uma “arte”, no sentido em que se fala de “arte
erótica”, por exemplo. Apoiando-se sobre noções aparentemente abstratas de
multiplicidades, de fluxo, de dispositivos e de acoplamentos, a análise da relação do desejo
com a realidade e com a “máquina” capitalista contribui para responder a questões
concretas.
Michel Foucault
Autores: Gilles Deleuze e Félix Guattari
Publicação original: 1972
Editora: Assírio & Alvim
Idioma: Português:
Link para download:
Idioma: Inglês
Link para download:
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s